A Polícia Civil do Paraná confirmou que três suspeitos de envolvimento na morte do jogador Daniel já estão detidos. Dois deles foram presos na manhã desta quinta-feira (1º) em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.
De acordo com o advogado Cláudio Dalledone, que defende um dos suspeitos, a prisão aconteceu por volta das 8h15. A filha dele, de 18 anos, foi presa no mesmo local, e a mulher se apresentou à polícia nessa quarta-feira (31). As duas estão presas de forma temporária e, nessa condição, podem ficar por até 30 dias detidas.
Ainda segundo a Polícia Civil, a corporação já tem os principais detalhes sobre a morte brutal de Daniel, e hoje à tarde, a partir das 13h30, o delegado responsável pelo caso vai fazer uma transmissão ao vivo pelo Facebook para mais esclarecimentos. (Por Thalita Marinho)