O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA) indeferindo o pedido de registro de candidatura do deputado estadual Hemetério Weba (PP).
Weba concorreu sub judice no pleito do último dia 07, quando tentou renovar o mandato para Assembleia Legislativa. Seus votos, inclusive, não foram computados.
A validação dos votos do deputado beneficiaria diretamente Edivaldo Holanda (PTC), que sairia da condição de suplente para a titularidade do mandato. O deputado estadual eleito, Pastor Cavalcante (PROS), nesta situação, seria realocado para a suplência.

Leave A Reply