O presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, renunciou, após quase quatro décadas no poder, de acordo com um funcionário próximo às negociações, dando um fim extraordinário para o mais antigo chefe de Estado do mundo, que tinha prometido governar até a morte.

As notícias surgiram horas depois que o Comitê Central do partido no poder neste domingo demitiu Mugabe como líder do partido e disse que se ele não renunciasse até o meio dia de segunda-feira, começaria o processo de impeachment.

Mugabe, de 93 anos de idade, estava se preparando para fazer um discurso à nação ainda neste domingo (19) na televisão estatal.