Informações Sinpol

José Roberto Gomes Pires, vulgo “Nenenca”, e Miguel Valdete Silva Teixeira, vulgo “Canceira”, foram presos na madrugada desta sexta-feira, 17, em cumprimento a dois mandados de prisão preventiva por estupro de vulnerável oriundos da comarca de Axixá.

A investigação ocorreu pela delegacia da Delegacia Especial da Mulher – DEM de Rosário, presidida pela Deleagada de Polícia Civil, Natália Porpino.

Segundo o apurado, Nenenca é autor de um estuprou da própria filha de 11 anos. O mesmo é irmão de um vereador do município de Axixá. Já Miguel Valdete estuprava as filhas assim que saia da prisão por indulto. No total, Miguel estuprava as quatro filhas, duas maiores e duas menores, de 14 e 16 anos respectivamente.