É a sexta ocorrência na região tocantina em 2017, totalizando 127,64 m3 de madeiras apreendidas

Madrugada de sexta-feira para sábado (11), por volta da 00h40, uma equipe da PRF em Açailândia abordou no km 345 da BR 010 o caminhão M.Benz de cor amarela e placas NZQ-6802, conduzido por um homem de 55 anos de idade.

O referido caminhão transportava cerca de 16m3 de madeira serrada de espécies nativas diversas. Solicitados os documentos obrigatórios da carga, o motorista apresentou o documento auxiliar da nota fiscal eletrônica ( DANFe)
fora do prazo de validade, vencida em 27/10/2017.

O caminhoneiro ainda informou aos agentes que a madeira estava à disposição desde a emissão dos documentos, mas que não havia surgido frete até o Estado do Pará para que, no seu retorno, pudesse carregar a madeira serrada já adquirida.

Contudo, em consulta aos sistemas de segurança, observou-se que houve o registro de passagem no Estado do Piauí em 30/10/2017, o que atesta que a nota fiscal já havia sido utilizada em pelo menos uma viagem anterior.

Diante dos fatos, o caminhão com a madeira e o condutor foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil em Açailândia, enquadrado, a princípio, por: Transportar, adquirir, vender, madeira, lenha, carvão sem licença válida.