O ex-padrasto da criança Alanna Ludmilla, Roberth Oliveira,  que foi encontrada morta e enterrada em um terreno nas proximidades de sua casa, no Maiobão, foi preso agora pouco pela Polícia Militar. Ele estaria dentro de uma van, quando agentes da policia militar que realizam blitz no bairro Estiva, na BR 135 efetuaram a prisão.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, o suspeito foi conduzido a sede da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic). A polícia precisou conter os populares, para evitar o linchamento de Robert.

O caso

Alanna Ludmila, de 10 anos, estava sumida desde da última quarta-feira (01) e foi encontrada morta enterrada num terreno nas proximidades de sua casa ontem (03).

R. S. Oliveira estava separado há duas semanas da mãe de Alanna Ludmilla, e após prestar depoimento e ser liberado ele sumiu. Segundo informações, ele teria viajado para a baixada após conseguir um dinheiro emprestado.

Leave A Reply