A pesquisa visa coletar informações e será feita em todos os estados do Brasil 

De outubro deste ano até fevereiro de 2018, uma ampla pesquisa agropecuária será realizada em todos os municípios brasileiros. Trata-se do Censo Agropecuário Brasileiro, que irá visitar mais de cinco milhões de estabelecimentos em busca de informações.

Foi para discutir detalhes desta ação que a  prefeita de Rosário, Irlahi Moraes (PMDB), reuniu-se esta semana com  secretário municipal de Agricultura, Valter Costa, com a representante do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Eli Marta Barroso, e com o agente censitário Mauro Sérgio Brandão.

O Censo Agropecuário Brasileiro irá recolher dados sobre agricultura, extração vegetal, silvicultura, criação de animais de pequeno e grande porte, aquicultura, criação de abelhas, bicho-da-seda e beneficiamento e transformação de produtos agropecuários. — Trata-se de uma pesquisa detalhada, que vai gerar informações que poderão ser utilizadas em amostragens futuras. Além disso, as informações possibilitam o desenvolvimento de políticas públicas para o setor — destaca Irlahi Moraes.

De acordo com Valter Costa, em todo o Brasil, estima-se que mais de cinco milhões de estabelecimentos agropecuários sejam pesquisados. — Trata-se de uma pesquisa ampla, que irá gerar dados sobre a realidade da agropecuária no Brasil e revelar quem é o produtor rural brasileiro e que tipos de práticas agrícolas ele utiliza — explica.

Para o trabalho estão sendo contratados 21 recenseadores, 5 agentes censitários que irão atuar como supervisores, um agente para a esfera municipal e um coordenador de sub-área. Todos passarão por treinamento, antes de saírem a campo.

A divulgação dos resultados está prevista para acontecer ainda em 2018. O censo agropecuário acontece a cada 10 anos, em todo o Brasil.