Peixes encontrado a beira do Rio Itapecuru/Foto: reprodução App

Um registro fotográfico feito por um morador ribeirinho, no intervalo da faixa marítima, dos povoados de São Miguel e Itaipú, ambos no município de Rosário, constatou a morte de dezenas de peixes no rio Itapecuru, principal meio de sustento de dezenas de famílias da zona rural do município.

O trecho de água fica distante cerca de 15 km da sede. Após ouvir comentários, o morador procurou registrar a mortandade de pequenas especies, que são a base para pesqueiros futuros no principal rio que corta dezenas de município, ao longo de sua extensão.

Entre as espécies encontradas mortas no rio foram registradas: o tubizinho e mandi. Outras especies de peixes tem sido encontrados ao logo do rio, mais sem registro fotografico do tipo e tamanho dos peixes.

O Diário entrou em contato com responsável pela pasta de Meio Ambiente, o ex-vereador e secretário Leandro Cavalcante, que falou sobre o acontecido. — Recebemos denuncia do impacto ambiental que causou a morte de algumas especies de peixes, mas não identificamos o possível causador ou produto lançando no rio — disse.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, é de grande importância o registro de imagens, e o comunicado por parte dos pescadores e moradores, a secretaria do município, para que possa ser formulado um pedido imediato a Secretaria Estadual de Meio Ambiente – SEMA, órgão competente de vistoria e multa.