O senador Roberto Rocha (PSB) afirmou, ao comentar por meio das redes sociais a fug de presos da Penitenciária de Pedrinhas, que o governador Flávio Dino (PCdoB) recusou a construção de um presídio federal no Maranhão. A revelação, segundo Rocha, foi feita pelo ministro da Justiça, José Serraglio.

A tentativa de instalação de um presídio federal no estado estava sendo feita pelo senador Roberto Rocha, segundo ele próprio em sua postagem em redes sociais. Diante das fugas registradas no fim da noite do domingo, 21, o senador teria procurado o ministro da Justiça para saber da possibilidade do Maranhão ter um presídio federal e, dessa forma, desafogar o Complexo de Pedrinhas.

“Extremamente lamentável ouvir do próprio ministro da justiça que o Governo Flávio Dino recusou um presídio federal no Maranhão. Desde quando tomei posse no Senado trabalho para o Governo Federal fazer um presídio no MA para aliviar pedrinhas. Isso só é possível com o Governo do Estado”, disse Rocha.

O senador do PSB fez críticas ainda ao governo estadual afirmando que desde quando assumiu, nada de expressivo foi feito pelo governador Flávio Dino para evitar fugas em Pedrinhas. Segundo Rocha, o governo estadual fez poucas intervenções que não são suficientes.

“Lamentável ver mais uma fuga em Pedrinhas. Por isso a população não quer presídio no seu município. Mas, em presídios federais não tem isso. O que fez até agora o governo da “mudança”? Um puxadinho aqui, outro ali, em pedrinhas. Nada mais!”, afirmou o senador.

O Estado entrou em contato com o governo para verificar se houve a recusa conforme afirmado pelo senador, no entanto, o governo ainda não se manifestou. (O Estado)