Assalto-02

O baixo efetivo da policia militar e civil, no município de Santa Rita, distante cerca de 70 km de São Luís, tem sido o principal problema encontrado, para as forças de segurança tentar barra ou coibir o aumento da violência seguido de assaltos no últimos dias na cidade.

As principais ocorrências registradas, são de assalto praticados por indivíduos em dupla, que utilizam motocicletas para praticar os crimes em sua maioria durante a noite. O centro da cidade e povoados da zona rural, localizados do outro da rio Itapecuru, são os principais alvos adotados pelos assaltantes.

A zona rural, que além de sofrer com a falta de atenção por parte do governo, torna-se rota fácil, devido a grande malha de estradas vicinais que interligam os municípios de Rosário, Santa Rita e  Itapecuru-Mirim.

O medo relacionada a insegurança está tirando o sono de centenas moradores e comerciantes.

Na cidade

Na principal avenida da cidade, lotérica, farmácia, supermercado e agencia bancária já foram alvos dos criminosos. Alguns supermercados e lojas ao longo da rodovia BR 135, investem em câmeras de segurança para garantir uma sensação de segurança, mas não chega a intimidar tanto.

O município de Santa Rita, que oferece um baixo efetivo policial oferecido pelo Segurança Pública, para um numero flutuante de quase 50 mil habitantes diários, não conta até o momento com guardas municipais e nem vídeomonitoramento ao longo de sua curta avenida que corta o município.