1493749467-35726410-001
O Hospital Universitário da UFMA recebe recuso para garantir atendimentos ao SUS. (Foto: Divulgação)

O Hospital Universitário da UFMA (HU-UFMA) ganhou ontem um reforço na ordem de R$ 9.7 milhões do Ministério da Saúde. O recurso foi publicado no Diário Oficial da União e o repasse será realizado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), estatal vinculada ao Ministério da Educação que atualmente administra 39 hospitais universitários federais.

O recurso servirá para garantir os atendimentos prestados ao Sistema Único de Saúde (SUS) e para viabilizar novos investimentos para ampliação de serviços e aquisição de materiais médicos hospitalares. A maior quantia de R$ 9.037.550,95 (nove milhões, trinta e sete mil, quinhentos e cinquenta reais, e noventa e cinco centavos) é destinada ao custeio, visando cobrir as despesas para o funcionamento do HU-UFMA. Já o outro montante no valor de R$ 726.356,67 (setecentos e vinte seis mil, trezentos e cinquenta e seis reais, e sessenta e sete centavos) serão destinados para investimentos em equipamentos médicos para a alta complexidade.

“Esse reforço orçamentário é vital para a instituição por permitir o pagamento de despesas que garantam o funcionamento das atividades e assim continuar a oferecer um serviço de qualidade à população”, destacou a superintendente do HU-UFMA, Joyce Lages.

O REHUF

O Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF), foi instituído pelo governo federal em 2010 para reforçar o orçamento das universidades mantenedoras de serviços de saúde.

Os recursos são destinados à reestruturação e à revitalização dos hospitais das universidades federais, integrados ao Sistema Único de Saúde (SUS). Ele tem por objetivo criar condições materiais e institucionais para que os hospitais universitários federais possam desempenhar plenamente suas funções em relação ao ensino, pesquisa e extensão e a assistência à saúde.

Os valores destinados a cada unidade foram definidos pela EBSERH com base em indicadores e metas de desempenho de cada hospital, que comprovam o cumprimento das metas de qualidade relacionadas a porte e perfil de atendimento, capacidade de gestão, desenvolvimento de pesquisa e ensino e integração à rede do SUS.