image

Familiares que estão no Brasil travam uma batalha dura para conseguir informações sobre a situação dos atletas que estavam no voo da Chapecoense, que seguia para a Colômbia, onde caiu. Um destes casos é da mãe do goleiro Danilo.

Inicialmente, foi informado que o goleiro foi resgatado com vida em meio aos destroços do avião. Porém, horas depois, a Cruz Vermelha da Colômbia e a Aeronáutica Civil colombiana informaram que Danilo faleceu.

Porém, Alaíde Padilha aguarda por mais informações sobre o ocorrido. “É uma notícia diferente a cada minuto. Meu coração está despedaçado. Eu jamais achei que passaria por esse momento. Não consegui assimilar”, disse em entrevista ao canal SporTV.

“Não está sendo fácil. Não temos notícias concretas. Cada um fala uma coisa. Vamos aguardar a confirmação para saber se foi dada a morte dele mesmo. Ninguém falou ainda: ‘seu filho, foi”, acrescentou a mãe do atleta.

De acordo com ela, uma das informações recebidas pelos familiares é de que o goleiro havia sido transferido para um novo hospital. Porém, tal notícia não foi confirmada. “No momento, o que sabemos é que ele teria sido transferido para um hospital maior. Recebemos áudio de uma pessoa de lá e esse áudio diz que as notícias foram desencontradas e que não é oficial o que falaram da morte dele”.

“Estão tentando ver se verifica e manda mais alguma coisa para a gente. Estamos esperando notícias da Cruz Vermelha, que é quem vai dizer que ele está bem. A esperança agora é que a gente receberá notícias boas, porque já foram duas né… que não foram boas”, observou Alaíde Padilha em entrevista ao canal ESPN Brasil. (Por Bernardo Lacerda)

Siga nossa página no Facebook, Redação do Diário: [email protected] ou WhatsApp pelo telefone (98) 99137 8382

Leave A Reply