rtemagicc_paloma_01-jpg

Elas são bonitas, sedutoras e sabem levar um homem na conversa. Porém, têm um lado obscuro que, nos próximos capítulos de “A Terra Prometida” (Record), ficará mais evidente. Elas são Jéssica (Maytê Piragibe), Samara (Paloma Bernardi) e Mara (Cristiana Oliveira), as vilãs da história bíblica. Em comum, têm problemas amorosos e de ciúme e usarão isso para infernizar e até matar pessoas.

“As tramas de Samara e Jéssica vão se tornar cada vez mais movimentadas. As duas, por motivos românticos, de ciúme e inveja de rivais, praticarão muitas vilanias. Samara vai chegar a extremos para separar Aruna (Thaís Melchior) de Josué (Sidney Sampaio) e apelará até para assassinatos”, conta o autor Renato Modesto.

O assassinato a que ele se refere acontecerá depois que Josué disser para Aruna que Samara tem de aceitar o noivado deles. Com isso, o pai da vilã, Quemuel (Raymundo de Souza), vai obrigar a moça a se casar com Abel (Edu Porto).

“Ela não vai querer a união com ele, só tem olhos para o Josué”, diz Paloma Bernardi.

Após seduzir Abel, ela vai acabar matando-o com escorpiões na cama. “Foi legal gravar essa parte. Quando li, percebi o quão incrível era essa cena, recheada de nuances. Não será só colocar escorpiões e matar. Ela é esperta, sedutora, mentirosa, manipuladora e assassina. Samara é minha primeira grande vilã, a primeira personagem que faço que mata pessoas. Os espectadores a amam e a odeiam”, afirma a atriz, feliz com os rumos que seu papel tem tomado.

“A resposta do público vem sendo bacana. Ela se tornou a grande vilã da trama. Tanto hebreu dando sopa, e ela só quer um. Tem gente que tem raiva dela, outros riem. No fundo, Samara só queria ser a mocinha, mas a maldade toma conta de seu coração”.

Para dividir com ela o posto de grande vilã, Jéssica e Mara também dão o seu melhor. Enquanto a primeira vai querer acabar com o ex e com a nova paixão dele, a segunda fará alianças, destilará seu preconceito e trairá.

Leave A Reply