x

A vitória por 5 a 2 sobre o Botafogo, na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil não foi suficiente para fazer o técnico Mano Menezes perder a sua habitual calma. O comandante celebrou o triunfo, gostou de grande parte da atuação da Raposa, mas pediu calma e viu a necessidade de ajustes na equipe.

“A equipe precisa de pequenos ajustes. Isso é do técnico. Traz coisas novas aos jogadores. Começamos um pouco abaixo. Um pouco de falta de concentração”, destacou Mano Menezes.

O Cruzeiro teve dificuldades no primeiro tempo e mostrou vacilos na defesa. No segundo tempo, foi melhor no ataque, teve mais volume de jogo e conseguiu construir a vitória.

Para Mano Menezes, a principal falha apresentada pela Raposa foi a falta de atenção. “Esse tipo de jogo tem que ficar o tempo todo ligado. E nosso segundo tempo foi muito melhor com relação a isso”, disse Mano.

O segundo tempo da Raposa foi melhor e para os atletas, o crescimento da produção do time se deu graças ao trabalho de Mano Menezes nos vestiários do estádio Luso Brasileiro, no Rio de Janeiro. O comandante reconheceu que precisou acertar detalhes durante os 15 minutos de descanso.

“A gente tem aproveitado bem o intervalo. Uma equipe com pouca rodagem comigo no comando. As vezes a gente enxerga coisas importantes. Tivemos dificuldades porque colocamos três jogadores por dentro, diferente do que vínhamos jogando. Quando tivemos volume e retomamos, e o Botafogo mudou sua formação, retomamos Robinho por fora e Arrascaeta por dentro”, explicou Mano Menezes. (Por Bernardo Lacerda)