Diante da desordem da sexgurança publica no Maranhão e com o serviço de inteligencia defasado, os criminosos praticam delitos sem nenhuma cerimonia em vários municípios maranhense.

Sem receio das Forças Segurança os criminosos se deslocam facilmente por todas a regiões do Estado, sem que sejam incomodados por algum tipo de interceptação.

A pratica que antes eram tímidas e em pequenos municípios, agora passa a acontecer em cidades que apresentam estruturas e economia relevante para o Estado. Poucos Bancos do Brasil ainda restam no Maranhão e muitos poucos faltam a ser destruídos; na falta do mesmo, sobra para o Bradesco e Caixa Econômica.

Nesta madrugada a agencia do Banco do Brasil no município de Lago da Pedra, administrada pela Prefeita Maura Jorge, oposição ao governo Flávio Dino, foi “salvo pelo gongo”. Bandidos encapuzados chegaram na cidade, preparam seus pontos de apoio, aguardaram a explosão, mas por motivos técnicos as dinamites (explosivos) não funcionaram, abortando assim o terror na cidade.