A ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, começa a cumprir o chamado regime semiaberto  nesta sexta-feira (1º). Este regime prevê o recolhimento domiciliar durante a noite, a partir das 20h até as 6h, de acordo com o artigo 319 do Código de Processo Penal.

A decisão de substituir o uso da tornozeleira por medida cautelar de recolhimento domiciliar noturno foi tomada pelo juiz da 2ª Vara Federal, José Magno Linhares Moraes. A ex-prefeita foi solta no dia 9 de outubro de 2015, após ter obtido a revogação da prisão na Justiça Federal. Na época ela foi solta pela Justiça sob a condição de uso de tornozeleira eletrônica.

Na determinação do juiz federal Magno Linhares, Lidiane é obrigada a comparecer mensalmente em juízo na Comarca de Bom Jardim para justificar suas atividades.  Além disso, Lidiane está proibida de se deslocar até a Prefeitura e de se ausentar da cidade sem autorização judicial.

Acusada de desviar verbas da educação no município, Lidiane Leite ficou conhecida como “Prefeita Ostentação” depois de postar fotos ostentando luxo na internet e ficar foragida por 39 dias da Polícia Federal (PF).

Ela se entregou no dia 28 de outubro, na sede da Polícia Federal, após ter a prisão decretada pela PF por suspeita de irregularidades encontradas em contratos firmados com “empresas-fantasmas”. Após 11 dias encarcerada em cela especial no Quartel do Corpo de Bombeiros da capital maranhense, devido a grande repercussão do caso. (G1MA)

Lidiane1

Lidiane2-510x1024