A Polícia Civil do Distrito Federal efetuou, nesta quinta-feira (12), a prisão de Danielson da Silva Cutrim, de 33 anos, acusado de matar o médico Aderson Costa Veloso, em São Luís. Danielson Cutrim estava foragido desde o crime, ocorrido em 2010, e foi localizado pela polícia no estacionamento de um hospital, onde apresentou documentos falsos.
De acordo com a polícia, Danielson Cutrim e um comparsa tinham uma relação amorosa com Aderson Veloso, que tinha 61 anos. Durante o crime, Danielson agrediu o médico com um abajur e o estrangulou até a morte. Depois disso, a dupla fugiu com joias e objetos da casa de Aderson.
A polícia informa ainda que Danielson Cutrim vai responder por latrocínio (roubo seguido de morte) e falsificação de documentos.