O cantor Luis Ronni Mendoza, de apenas 23 anos, foi assassinado com mais de 300 tiros, segundo informações. Pelo menos 100 disparos atingiram o corpo da vítima. Luiz Mendoza era vocalista do grupo “Los Ronaldo” e bastante conhecido no México.
Os investigadores acreditam que o artista tinha relação com uma facção criminosa de narcotraficantes mexicanos, mas o caso ainda está sendo investigado. Após o crime, os bandidos fugiram.