Após trabalhar por 31 anos na Rede Globo, Mauro Naves foi demitido pela emissora. O jornalista estava afastado de seu cargo desde junho deste ano, por ter passado o contato do pai de Neymar aos ex-advogados de Najila Trindade, que acusa o atacante de estupro.
Mauro não comunicou a atitude a Globo e acabou sendo retirado da cobertura da Copa América. A Assessoria de Comunicação da Rede Globo confirmou as informações sobre sua demissão.
“O Grupo Globo e o jornalista Mauro Naves decidiram encerrar consensualmente o contrato de prestação de serviços que mantinham”, diz a nota divulgada pela imprensa. “O Grupo Globo reconhece a imensa contribuição de Mauro Naves ao jornalismo esportivo e a ele agradece os 31 anos de dedicação e colaboração”, completou.
Quando Mauro Naves foi afastado do cargo, a emissora afirmou em nota que havia evidências de que as atitudes de Naves no caso “contrariaram a expectativa da empresa sobre a conduta de seus jornalistas”.
Um dos repórteres esportivos mais experientes da Globo, Mauro esteve nas Copas do Mundo de 1998 (França), 2002 (Coreia e Japão), 2006 (Alemanha), 2010 (África do Sul), 2014 (Brasil) e 2018 (Rússia).