Uma equipe da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED), apreendeu, na manhã desta segunda-feira (15), no posto da Estiva, um caminhão baú com 15 toneladas de peixe estragado. O veículo as 15 t de palombeta oriundo de Barra velha SC, com destino a capital maranhense.  Antes, o veículo, foi parado no posto fixo de Estreito, no sul do Estado.
Ali foi constatado que a temperatura do produto estava fora dos padrões aceitáveis, o que compromete a integridade do alimento. De imediato foi feito uma inspeção, onde ficou comprovado que o pescado viria ser beneficiado São Luís, sendo que a empresa para onde se destinava a mercadoria, a Atlântica Pescado, de registro no SIM 034 está com suas atividades suspensa.
Ainda em Estreito foi aplicada uma multa e o motorista orientado a retornar ao local de origem. Mas o mesmo consegui burlar a fiscalização e adentrou no estado, chegando sem mais problemas a São Luís e foi parado no posto da Estiva, aonde os fiscais da AGED José Mariano e Ediana Gomes, verificaram que o veículo já havia sido multado e o mesmo não poderia ter entrado no Estado. Ao receber o plantão logo pela manhã, os fiscais  Pedro Gualter e José de Ribamar  aplicaram nova multa e emitiram um termo de apreensão e destruição do pescado que se encontra impróprio para o consumo.
A carga foi encaminhada para ser incinerada em Rosário.
Portal MA+ no Facebook — Instagran  — Twitter WhatsApp 98434-6482