Minutos antes do tiroteio, os adolescentes que invadiram a escola em Suzano balearam o tio de um deles em uma loja de carros.
O estabelecimento fica a apenas 500 metros da instituição de ensino. Os policiais tentam apurar se a motivação para os dois casos está relacionada. O homem foi socorrido e está passando por cirurgia em um hospital da cidade.
Além das sete assassinadas, os adolescentes feriram 17 pessoas antes de tirarem as próprias vidas. O ataque ocorreu por volta das 9h30 desta quarta-feira (13). Ao menos 30 disparos foram feitos.
Segundo informações preliminares, oito pessoas teriam oorrido, entre elas cinco crianças e a diretora da escola. Os adolescentes cometeram suícidio na sequência. Não se sabe a motivação do atentado. (Redação/OTempo)
Portal MA+ no Facebook — Instagran  — Twitter WhatsApp 98434-6482