Pelo menos 165 pessoas morreram em decorrência do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, na região metropolitana, no último dia 25 de janeiro.
Segundo atualização feita pelo Gabinete Militar do Estado e pela Defesa Civil de Minas Gerais neste domingo (10), nove vítimas ainda não foram identificadas e 160 pessoas ainda estão desaparecidas.
Das vítimas desaparecidas na tragédia, 38 são funcionários da Vale e outros 122 são terceirizados ou membros da comunidade.
Ainda de acordo com o boletim atualizado, duas pessoas permanecem hospitalizadas e outras 138 estão desabrigadas.
Portal MA+ no Facebook — Instagran  — Twitter WhatsApp 98434-6482