Uma enorme explosão provavelmente causada por um vazamento de gás destruiu o piso térreo de um prédio em um distrito comercial no centro de Paris na manhã deste sábado, deixando no mínimo quatro mortos, incluindo dois bombeiros, e ferindo mais de 30 pessoas, disseram autoridades.
Nos últimos anos, a França sofreu ataques de militantes jihadistas em Paris, Nice, Marselha e além. O promotor de Paris, Remi Heitz, foi rápido em descartar o terrorismo, no entanto:
— Ainda precisamos determinar as circunstâncias e a causa da explosão, mas neste estágio podemos dizer que é claramente um acidente, presumivelmente provocado por um vazamento de gás — afirmou a repórteres.
Uma fonte da polícia disse que a explosão destruiu uma padaria na rua Trevise, no distrito Grands Boulevards. A força da explosão arrasou as fachadas próximas e balançou prédios a centenas de metros de distância, relataram testemunhas.
Antes da confirmação das mortes, o comandante da brigada de incêndio, Eric Moulin, disse a repórteres que 12 pessoas, incluindo três bombeiros, estavam gravemente feridas.
Pelo menos mais 24 pessoas sofreram ferimentos leves, disse Moulin. Bombeiros procuravam por mais vítimas no prédio. — A situação está agora sob controle — disse o ministro do Interior, Christophe Castaner, a repórteres.
Uma testemunha em um hotel próximo disse que viu um enorme incêndio no prédio destruído pela explosão. — Havia vidros quebrados por toda parte, as fachadas das lojas foram destruídas e as janelas se quebraram até o terceiro e quarto andares — disse David Bangura, de 38 anos. (Fonte: Reuters)