Percentual de maranhenses em extrema pobreza saltou de 8% para 12% no governo de Flávio Dino.
Um levantamento sobre a extrema pobreza no Brasil divulgado pela revista Valor Econômico, mostra que o Maranhão é o estado que mais possui pessoas na linha da extrema pobreza em todo o país. O Estado é um dos nove que atingiram um nível recorde no ano passado. Na média nacional, a pobreza extrema avançou de 3,2% em 2014 para 4,8% em 2017, maior patamar nos últimos anos, conforme dados da consultoria Tendências. No Maranhão o aumento foi de 50%.
Veja aqui a tabela em tamanho real
O levantamento considerou em situação de extrema pobreza as pessoas famílias com renda abaixo de R$ 85 no ano passado.
O Maranhão, governado por Flávio Dino (PCdoB) desde 2014 e agora com mandato renovado até 2022, segue liderando o ranking de extrema pobreza do país.
Do total de famílias maranhenses, 12,2% viviam com menos do que R$ 85 por pessoa no ano passado. Quatro anos antes, o indicador era de 8,7%. Um aumento de cerca de 50%. (Por Linhares Jr/Imirante)

Siga o MA+ no Facebook — Envie sua informação para o WhastApp (98) 98434-6482