Ex-técnico da seleção brasileira, Dunga recebeu convite para comandar a seleção da Colômbia. Ainda em conversa informal, segundo apurou a reportagem, o comandante avalia a possibilidade de substituir José Pékerman. Por isso, freou uma negociação avançada para comandar um clube chinês.
O convite da Federação Colombiana de Futebolera algo que já se apresentava no mercado. Dunga, porém, ainda não havia sido contatado. Agora, ainda sem formalização, recebeu a aproximação dos dirigentes do país.
Por isso, interrompeu uma negociação que já estava em estágio avançado com um clube do futebol chinês mantido em sigilo. Nos próximos dias, o treinador deve definir seu futuro.
A Colômbia teve confirmada a saída do técnico José Pékerman no fim de agosto. Desde então, Arturo Reyes assumiu o time de forma interina. Sob o comando dele, a seleção encara Estados Unidos e Costa Rica nos dias 11 e 16 de outubro respectivamente.
Capitão da seleção brasileira tetracampeã da Copa do Mundo como atleta em 1994, Dunga comandou a seleção entre 2006 e 2010, deixando o posto após a eliminação para Holanda na Copa do Mundo da África do Sul. Na primeira passagem pelo time canarinho, conquistou a Copa América e a Copa das Confederações. Em 2013 comandou o Internacional e foi campeão gaúcho.
Em 2014 assumiu novamente a seleção substituindo Felipão após a queda na Copa do Mundo do Brasil, mas acabou demitido em 2016 por conta dos resultados ruins nas Eliminatórias para Copa do Mundo da Rússia, na Copa América e na Copa América do Centenário.

Siga o MA+ no Facebook — Envie sua informação para o WhastApp (98) 98434-6482