Na vice-lanterna do Brasileiro da Série B e como cinco pontos de diferença para o primeiro time fora da zona de rebaixamento, o Sampaio vive uma situação delicidada na competição. Os jogadores tentam buscar explicação para o momento e principalmente sobre como sair dessa parte incômoda na classificação.
O meia Fernando Sobral diz que só o trabalho pode superar tudo isso. O jogador diz que o grupo deve se fechar ainda mais para sair da zona de rebaixamento.
A gente tem que se fechar mais ainda, trabalhar, porque só a gente tem o poder de sair dessa situação. A situação está difícil, mas, como falei, temos que trabalhar – disse.
Sobral destaca ainda a chegada de novas peças e a volta de jogadores importantes que estavam no departamento médico. Segundo ele, isso pode ser um fator de reviravolta na campanha tricolor.
Foram contratados novos jogadores, a gente tem a volta dos que estavam no DM, lógico que o ritmo de jogo conta muito e vamos trabalhar o melhor entrosamento possível para sair dessa situação – finalizou.
O próximo compromisso do Sampaio é nesta sexta-feira, diante do Coritiba, no Couto Pereira, às 21h30. A delegação boliviana se desloca para o Paraná nesta quarta-feira.

Siga o MA+ no Facebook — Envie sua informação para o WhastApp (98) 98434-6482