Foi preso no município de Esperantinópolis, interior do Maranhão, por policiais militares, nesta quinta, 02, Francisco Firmino de Araújo Filho, vulgo “Sabiá”, de 29 anos; o conduzido é acusado de matar de maneira covarde e impiedosa um jumento na ultima terça-feira, 31/07.
No mesmo crime foram acusados quatro homens por desferirem golpes de faca contra o animal, cometendo assim crime ambiental. O animal foi a óbito no local.
O artigo 32 da Lei dos Crimes Ambientais, de 1998. A lei prevê detenção de três meses a um ano, além de multa, para quem “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar” qualquer tipo de animal. Se houver a morte do bicho, a pena aumenta até um terço.

Siga o MA+ no Facebook — Envie sua informação para o WhastApp (98) 98434-6482