Monique Danello, repórter do Esporte Interativo, foi outra vítima de assédio na Rússia / Foto: Reprodução internet /Fonte: SuperFC
Mais um caso de assédio a jornalistas foi registrado na Copa do Mundo da Rússia. A repórter do canal Esporte Interativo, Monique Danello, falava, ao vivo, sobre a semifinal entre Croácia e França, quando um homem se aproximou e tentou beijá-la. Mais rápida, Danello se esquivou, deu um tapa no torcedor e esbravejou.
“Saí daqui, oh praga”, disse antes de continuar a dar suas informações.

O assédio a jornalistas e torcedoras na Rússia se tornou algo comum durante esse mundial. Várias repórteres brasileiras foram vítimas, além de torcedoras que eram estimuladas a repetir palavras com cototação sexual sem saber do que se tratava.

Siga o MA+ no Facebook — Envie sua informação para o WhastApp (98) 98434-6482