Plantonista no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), o desembargador Rogério Favreto voltou a determinar que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja solto ainda neste domingo, 8.
Ele também afirmou que não é subordinado ao colega, o desembargador João Pedro Gebran, relator do caso, que havia determinado que Lula permanecesse preso.
Relator
O juiz federal João Pedro Gebran Neto, relator do caso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no TRF-4, tinha emitido despacho na tarde deste domingo (8) suspendendo a soltura do petista.
“Para evitar maior tumulto para a tramitação deste habeas corpus, até porque a decisão proferida em caráter de plantão poderia ser revista por mim, juiz natural para este processo, em qualquer momento, DETERMINO que a autoridade coatora e a Polícia Federal do Paraná se abstenham de praticar qualquer ato que modifique a decisão colegiada da 8ª Turma.”

Siga o MA+ no Facebook — Envie sua informação para o WhastApp (98) 98434-6482